FANDOM


InternetEditar

O consumo de produtos de soja tem muitos benefícios para a saúde, incluindo proteção contra o câncer de mama, câncer de próstata, os sintomas da menopausa, doenças cardíacas e osteoporose. Muitos dos benefícios para a saúde da soja são derivadas de suas isoflavonas. No entanto, alguns críticos afirmam que as isoflavonas pode aumentar a incidência de hiperplasia epitelial e causar bócio e hipertireoidismo.

A estrutura química das isoflavonas é muito semelhante à do nosso próprio estrogênio. Devido a essa semelhança na estrutura, eles podem interferir com a ação do nosso próprio estrogênio. Isoflavonas, dependendo do tipo de receptor de estrogênio sobre as células, as isoflavonas podem reduzir ou ativar a atividade do estrogênio. As isoflavonas podem competir com estrógeno para os locais do receptor mesmo diminuindo assim os riscos à saúde do estrogênio em excesso. Ela também podem aumentar a atividade estrogênica. Se durante a menopausa as isoflavonas podem aliviar os sintomas da menopausa. A melhor maneira de consumir as isoflavonas da soja está em sua forma ou em alimentos, assim você pode se beneficiar de outros componentes saudáveis da soja. A soja contém vários tipos de isoflavonas, mas os mais benéficos são a genisteína e daidzeína. As maiores quantidades de isoflavonas de soja pode ser encontrada em grãos de soja.

Saúde - benefícios das isoflavonas

Pesquisas em várias áreas da saúde tem mostrado que o consumo de isoflavonas pode desempenhar um papel na redução do risco para a doença. Eles podem combater a doença em várias frentes.

Os seguintes benefícios para a saúde são atribuídos às isoflavonas:


  • Melhora dos sintomas da menopausa
  • Reduzir o risco de doença cardíaca
  • Reduz o colesterol.
  • Proteje contra problemas de próstata.
  • Melhorar a saúde óssea
  • Reduzir o risco de câncer


Fonte: http://www.onlinefarma.com.br/saude-feminina/isoflavonas-menopausa


Segundo Robert Handa, um dos coordenadores da pesquisa, uma molécula que surge no intestino quando a soja é digerida -a equol- impede a ação do DHT, hormônio responsável pelo crescimento da próstata e pela queda excessiva de cabelos. Além de prevenir a calvície e o câncer, a molécula também poderia ser usada em tratamentos desses males. A molécula equol, por sua vez, não inibe a produção do DHT, mas o neutraliza.

Fonte: http://calvicieoforum.saude.ws/viewtopic.php?f=2&t=4786


Daidzeína (Isoflavona) - Soja e derivados da soja (carne vegetal, tofu, etc): Previne a osteoporose, ameniza os sintomas da menopausa e protege contra o câncer de mama.

Fonte: http://www.palavrademedico.kit.net/tema11.htm


SOJA PROTEGE O CORAÇÃO SEM ELEVAR TAXA HORMÔNIOS (METABOLISM, 05/04/2000)

Adicionar alimentos a base de soja a uma dieta saudável reduz o risco de doenças cardíacas sem estimular atividade hormonal danosa, conforme novo estudo publicado no jornal Metabolism deste mês.

Algumas pessoas foram desencorajadas a ingerir alimentos com soja por causa de alegações de que o estrógeno presente na mesma acarreta elevados níveis hormonais, como afirma o professor da Universidade de Toronto, David Jenkins. As preocupações giravam em torno do fato de que o estrógeno da soja pudesse acarretar câncer de mama hormônio-dependente ou desenvolvimento sexual anormal em crianças. Nenhuma evidência desses fatos foi encontrada.

O estudo envolveu dois grupos de pessoas colocadas em uma dieta com baixos níveis de gordura por dois períodos de 1 mês: um deles com dieta a base de alimentos com soja e o outro sem tais alimentos. Para determinar o nível de estrógeno resultante de cada dieta, os pesquisadores coletaram urina por 24 horas de todos os participantes no fim de cada mês, testando as amostras em células com câncer de mama. Como o estrógeno estimula a produção de uma proteína especial pelas células cancerosas da mama, os pesquisadores avaliaram a quantidade dessa proteína produzida por cada amostra de urina, podendo calcular quanto estrógeno estava presente.

A atividade estrogênica total na urina das mulheres na dieta a base de soja era levemente mais baixa do que quando iniciaram a dieta, sugerindo que a soja não possui efeitos estrogênicos. A soja também reduz o risco de doenças cardíacas reduzindo os níveis de colesterol oxidado, o qual é absorvido mais rapidamente pelas paredes das artérias coronárias, formando placas. O consumo de soja reduz o colesterol total, diminuindo a quantidade de "mau" colesterol, mantendo a concentração do " bom" colesterol.

Fonte: http://www.vevebraganca.com/soja.htm


Voltar para soja

Voltar para proteína de soja

Voltar para Nutrição

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória