FANDOM


AurélioEditar

catabolismo

[Do gr. katabolé, ‘ação de atirar de cima para baixo’; ‘abatimento’, + -ismo.] Substantivo masculino.

1.Citol. Fisiol. Med. Processo metabólico destrutivo, por meio do qual células do organismo transformam substâncias complexas em outras mais simples.

WikipédiaEditar

Chama-se catabolismo à parte do metabolismo que se refere à assimilação ou processamento da matéria orgânica adquirida pelos seres vivos para fins de obtenção de energia.

Este conjunto de processos diz respeito às vias de degradação, ou seja, de quebra das substâncias. Parte sempre de moléculas que contêm quantidades importantes de energia, como a glicose ou triglicerídeos. Estas substâncias são transformadas de modo a que restem, no final, moléculas pequenas, pobres em energia (H2O, CO2, NH3), aproveitando o organismo a libertação de energia resultante deste processo. Essa energia normalmente é armazenada nas células em forma de compostos trifosfatados, como o ATP e o GTP.


InternetEditar

Catabolismo é a parte do metabolismo que responde pela degradação de qualquer metabólito. Ou seja, existe catabolismo de gordura, de músculos, de carboidratos e por aí vai. Anabolismo é justamente o contrário. Por isso que quem faz hipertrofia busca o anabolismo muscular - síntese de novas fibras musculares. Existe um certo mito por aí. Na verdade o que basicamente regula o estado metabólico é a quantidade ingerida de calorias x quantidade gasta. Se comermos muito e não fizermos nada, entraremos em estado anabólico, de síntese, mas provavelmente de gordura. Mas como o custo energético muscular é muito alto para nosso corpo (comparado à gordura), se tivermos uma ingestão insuficiente de calorias ou uma frequencia de alimentação muito baixa, nosso corpo irá catabolisar tecidos musculares, já que eles são muito caros (energeticamente falando) de serem mantidos. Mas não nescessariamente pra ser usado como energia! O fato de ter uma ingestão constante de alimentos (de 3 em 3 horas) é quase uma maneira de informar ao nosso corpo que ele não precisa se preocupar em catabolisar tecido muscular, pq não vai faltar energia para os processos fisiológicos básicos, como respirar, etc e tal. Assim a idéia geral sempre é a de tentar dar uma enganada no corpo, tentando força-lo a fazer o que ele não quer. Que é infelizmente investir energia em desenvolver mais músculos!

Fonte: http://www.hipertrofia.org/forum/topic/22271-duvidas-sobre-catabolismo/


Catabolismo é um processo metabólico que implica na “quebra” de substâncias complexas em substâncias mais simples. Refere-se à assimilação ou processamento da matéria adquirida para fins de obtenção de energia. Parte sempre de moléculas grandes, que contêm quantidades importantes de energia. Estas substâncias são transformadas de modo a que restem, no final, moléculas pequenas, pobres em energia resultante deste processo. A quebra das proteínas do tecido muscular para obter energia é um exemplo de catabolismo. Já o anabolismo (contrario ao catabolismo), é um processo metabólico que implica na construção de moléculas a partir de outras. A síntese de proteínas é um exemplo de reação anabólica. Quando o catabolismo supera em atividade o anabolismo, o organismo perde peso, o que acontece em períodos de jejum ou doença.

Fonte: http://www.ummetrossexual.com/2008/03/como-evitar-o-catabolismo-muscular/

Como evitarEditar

Para evitar a quebra de fibras musculares (catabolismo), o organismo precisa de um fluxo constante de aminoácidos na corrente sangüínea. Se seu corpo não encontra proteína disponível ele irá obter a proteína que precisa quebrando seu tecido muscular. Isso é o pesadelo de qualquer pessoa que deseja ganhar massa muscular e acelerar o metabolismo. Para evitar o catabolismo você precisa ingerir alimentos protéicos de 3 em 3 horas. Isso garante que seu corpo esteja sempre sendo suprido pelas proteínas de sua dieta. Também é importante uma alimentação adequada em proteínas + carboidratos pós-treino e evitar treinar com fome ou mais de duas horas desde a última refeição. Para ganhar massa muscular deve, portanto evitar ao máximo o catabolismo muscular, promovendo o anabolismo através de treino direcionado e alimentação adequada.

Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.

Juliana Garcia – nutricionista - julianagarcia@terra.com.br

Fonte: http://www.ummetrossexual.com/2008/03/como-evitar-o-catabolismo-muscular/


Procure fazer no máximo um intervalo de 4 horas entre uma refeição e outra, pois se houver um déficit de energia por falta de alimentação é muito provável que seu organismo retire energia de seus próprios músculos (massa magra) prejudicando assim seu condicionamento físico. Mas também não se esqueça de malhar e não se alimentar não é a forma mais correta de emagrecer. Isso é loucura! Isso causa o catabolismo, perda de massa magra (músculo), ao invés de perda de massa gorda (gordura), por isso o indicado é se alimentar no máximo até 1 hora após sua atividade física.

Fonte: http://www.esporteaguaecia.com.br/news/viewnews.cgi?id=EEZylklFEuSoPgjBvN


Os BCAA’s entrarão como anticatabólicos e a vitamina C para bloquear a ação do hormônio catabolitico cortisol. Cinqüenta minutos apos essa suplementação recomenda-se a introdução de uma refeição sólida contendo carboidratos complexos e proteínas de absorção com pouca ou quase nenhuma gordura.

Fonte: http://nutrishopsuplementosbrasil.blogspot.com/2010/02/maltodextrina.html


Os carboidratos elevam a insulina para previnir a quebra de proteinas como fonte de energia.

Fonte: http://www.hipertrofia.org/forum/topic/16386-aprenda-a-controlar-o-cortisol/


ConclusõesEditar

Catabolismo, conforme o Aurélio, é um processo metabólico destrutivo, por meio do qual células do organismo transformam substâncias complexas em outras mais simples.

Quando ficamos muito tempo sem comer (de 3 a 4 horas), pode ocorrer de o organismo catabolizar as proteínas dos músculos, seja para obter energia (quando realizamos atividades com peso), seja por tratar-se de uma estrutura que consome muita energia.

Durante o sono, esse processo diminui tendo em vista a diminuição do hormônio catabólico cortisol, e aumento da atividade dos hormônios do crescimento. Pela manhã, o hormônio cortisol recomeça a agir, fazendo com que seja necessária uma refeição rica em carboidratos e proteínas, com o fim de evitar o catabolismo.

Uma refeição rica em carboidratos de absorção lenta é necessária antes do treino (aprox. 1 hora), e uma refeição rica em carboidratos e proteínas de rápida absorção é necessária imediatamente após o treino. Após, refeições contendo carboidratos e proteínas de lenta absorção de 3 em 3 horas evitarão que o corpo entre em estado catabólico.

BCAA's e vitamina C ajudam a evitar o catabolismo.


voltar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória